Amanhã na secção de Livros da revista ‘E’

– Centenário de Mário Dionísio e edição da sua Poesia Completa (Imprensa Nacional-Casa da Moeda), por José Mário Silva
As Rochas, de Peter Nichols (Marcador), por Luís M. Faria
A Salvação do Belo, de Byung-Chul Han (Relógio d’Água), por José Mário Silva
Afonso de Albuquerque – Corte, Cruzada e Império, de Alexandra Pelúcia (Temas e Debates), por Luísa Pinto Teixeira
O Fogo-Fátuo, de Drieu La Rochelle (Sistema Solar), por Pedro Mexia
Contra as Ordens de Salazar, de Pedro Prostes da Fonseca (Matéria Prima), por Alexandra Carita
Sangue Azul Gelado, de Iúri Buida (Gradiva), por José Guardado Moreira
Deixar Aleppo, de Manuela Niza Ribeiro (Althum.com), por Luísa Mellid-Franco

Amanhã na secção de Livros da revista ‘E’

Macaco Infinto, de Manuel Jorge Marmelo (Quetzal), por José Mário Silva
Bruma Luminosíssima, de Luís Falcão (Artefacto), por Pedro Mexia
Sonetos Completos, de Antero de Quental (Artes & Letras), por Carlos Bessa
O Maior Bem que Podemos Fazer, de Peter Singer (Edições 70), por Luís M. Faria
Brincadeiras Vagas a Boneca, de Paul Éluard (Ignota/Sr. Teste), por Manuel de Freitas
O Dom da Palavra, de Catarina Nunes de Almeida e João Concha (não (edições)), por Sara Figueiredo Costa
Viagens com o Charley, de John Steinbeck (Livros do Brasil), por José Guardado Moreira
Fredo, de Ricardo Fonseca Mota (Gradiva), por José Mário Silva

Amanhã na secção de Livros da revista ‘E’

– Conversa com Ricardo Fonseca Mota, a propósito do romance Fredo (Gradiva), vencedor do Prémio Agustina Bessa-Luís 2015, por José Mário Silva
O Azul do Filho Morto e Bangalô, de Marcelo Mirisola (Cotovia), por Ana Cristina Leonardo
Mulher de Porto Pim, de Antonio Tabucchi (D. Quixote), por Pedro Mexia
Dezassete Sonetos Eróticos e Fesceninos, de Tiago Veiga (Simples Mente), por José Mário Silva
Por Mão Própria, de Luís Carmelo (Abysmo), por José Mário Silva
A Factura, de Jonas Karlsson (Alfaguara), por José Guardado Moreira
ReVisão, de Vários Autores (Chili com Carne), por Sara Figueiredo Costa
A Nova Odisseia, de Patrick Kingsley (Relógio d’Água), por Luís M. Faria

Amanhã na secção de Livros da revista ‘E’

– Conversa com o escritor brasileiro Marcelo Mirisola, a propósito dos livros O Azul do Filho Morto e Bangalô (Cotovia), por Ana Cristina Leonardo
Não se pode morar nos olhos de um gato, de Ana Margarida de Carvalho (Teorema), por José Mário Silva
Rio do Esquecimento, de Isabel Rio Novo (D. Quixote), por Luísa Mellid-Franco
As Torrentes da Primavera, de Ernest Hemingway (Livros do Brasil), por Pedro Mexia
Cinco Esquinas, de Mario Vargas Llosa (Quetzal), por José Guardado Moreira
O Sentido da Vida Humana, de Edward O. Wilson (Clube do Autor), por Virgílio Azevedo
Olho do Tu, de Rui Nuno Vaz Tomé (Douda Correria), por José Mário Silva
Direito a Ofender, de Mick Hume (Tinta da China), por Luís M. Faria

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges