Exit Saramago

José Saramago despediu-se hoje da blogosfera, embora não coloque de parte um regresso pontual ao seu Caderno, caso as circunstâncias o justifiquem. É uma pena. Embora não fosse um blogger no sentido que normalmente lhe atribuímos (pelos motivos que enumerei aqui), era uma voz singular e muitas vezes desarmante, a voz de um Nobel que não precisa, objectivamente, disto para nada mas que teve a generosidade e a humildade de se expor diariamente (a si, à sua escrita, às suas ideias) diante do mundo infinitamente aberto, mas por isso também devorador e implacável, da Internet.
Por tudo o que nos ofereceu no Caderno, mas sobretudo pelo gesto de partilha, insisto em dizer: obrigado, José Saramago. Saber que a ausência online reverte a favor da escrita de um novo livro não deixa de ser um consolo.



Comentários

2 Responses to “Exit Saramago”

  1. Gerana Damulakis on Setembro 1st, 2009 1:49

    Obrigada, José Saramago. Poder segui-lo diariamente foi muito bom.

  2. Goiania Vendas on Setembro 8th, 2009 20:27

    Realmente, será uma pena, Saramago deixará saudades, esperamos que em breve possamos te lo novamente no blog. Ficam as boas lembranças.

    http://www.goianiavendas.com

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges