Um bom conselho para o Dia Mundial do Livro

«Namora uma rapariga que lê» (texto de Rosemary Urquico, traduzido por Carla Maia de Almeida no seu blogue).



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges