Uma proposta mais do que razoável para os programas eleitorais autárquicos (em Lisboa e não só)

«Nas próximas eleições para a CML, voto em quem instituir lugares reservados a leitores nos transportes públicos», diz o Ricardo da livraria Trama. E eu concordo.



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges