Uma rede livreira em crise

A norte-americana Borders, que em tempos levou à falência muitas livrarias independentes por praticar preços muito agressivos, está ela própria em grandes dificuldades, porque uma outra livraria (a Amazon) pratica preços ainda mais agressivos.



Comentários

One Response to “Uma rede livreira em crise”

  1. gaf on Janeiro 16th, 2011 17:43

    Amigos e familiares que vivem, estudam e trabalham nos Estados Unidos têm-me falado mal da Borders: vai-se a 3 ou 4 lojas e nem assim se encontra metade do que se quer comprar.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges