Primeiros parágrafos

«Chip told us not to go out. Said, don’t you boys tempt the devil. But it been one brawl of a night, I tell you, all of us still reeling from the rot – rot was cheap, see, the drink of French peasants, but it stayed like nails in you gut. Didn’t even look right, all mossy and black in the bottle. Like drinking swamp water.»

[in Half-Blood Blues, de Esi Edugyan, Serpent’s Tail, 2011]



Comentários

2 Responses to “Primeiros parágrafos”

  1. Ricardo on Setembro 16th, 2011 18:48

    Interrogações: estão previstas críticas para o V. do Pynchon, Matadouro 5 do Vonnegut e do novo Valter Hugo Mãe? Para quando?

  2. José Mário Silva on Setembro 17th, 2011 13:28

    As críticas aos livros do Vonnegut e Valter Hugo Mãe são para breve. O Pynchon ainda não sei.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges