Palavra Ibérica 2008

Já há programa para o Palavra Ibérica 2008, III Encontro Hispano-Luso de Escritores, que decorrerá em Punta Umbría, a 7 e 8 de Março. Eis alguns destaques:

Sexta-feira, 7 de Março

19h00 – Inauguração na Sala Polivalente, com Antonia Hernández Galloso (Vereadora da Cultura do Ayuntamiento de Punta Umbría), José Carlos Barros (Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Vila Real de Sto. António) e Fernando Esteves Pinto (Círculo Literário do Algarve “Sulscrito”; co-coordenador Palavra Ibérica), Uberto Stabile (Coordenador do Encontro Hispano-Luso de Escritores Palavra Ibérica)

19h30 – Acto de entrega e apresentação dos Prémios Internacionais de Poesia Palavra Ibérica 2007, atribuídos a El sitio justo, de Rafael Camarasa (Valencia), e Sobre as imagens, de Amadeu Baptista (Viseu)

20h30 – “Cara a cara, verso a verso: outros tempos para a lírica”, com José Mário Silva (Lisboa) e Manuel Moya (Fuenteheridos, Huelva)

Sábado, 8 de Março

11h30 – Apresentação do livro Lo que cayó del Conquero (Antologia de Narradores Onubenses), com apresentação de Marcos Gualda e Uberto Stabile, seguida de intervenções de Rafael Delgado, Francis Vaz, Manuel Garrido Palacios e Manuel Moya

13h00 – “Cara a cara, verso a verso: espaços para a poesia”, com Manuela Ribeiro (directora do encontro “Correntes d’Escritas”, Póvoa de Varzim, Portugal) e Antonio Orihuela (director do encontro “Voces del Extremo” de Moguer, España)

18h00 – Apresentação dos livros e recitais poéticos dos autores da colecção Palavra Ibérica: Las moradas inútiles, de José Carlos Barros (Vila Real de Sto. António), Só mais uma vez, de Uberto Stabile (Valencia) e Pequeña antología para el cuerpo, de Luis Filipe Cristóvão (Torres Vedras)

20h00 – “No feminino plural”, com Margarida Vale de Gato (Lisboa), Josefa Virella (Huelva), Ana Mafalda Leite (Moçambique), María Gómez (Isla Cristina), Diana Almeida (Lisboa), Rosario Pérez Cabaña (Sevilla)



Comentários

One Response to “Palavra Ibérica 2008”

  1. Bibliotecário de Babel – A caminho on Março 7th, 2008 11:21

    […] Direcção: Punta Umbría. […]

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges