Uma nova livraria

Três das melhores editoras portuguesas – a Assirio & Alvim, a Cotovia e a Relógio D’Água – juntaram-se para construir uma livraria especializada em ciências humanas, na Fábrica do Braço de Prata (zona oriental de Lisboa). Além de duas salas preparadas para acolher seminários e projecções de cinema, haverá outras duas só dedicadas a saldos e livros em segunda-mão, garantia de que aquele será um «lugar para surpresas, nostalgias e invenções».
A festa de inauguração está marcada para 30 de Setembro, às 22h00.



Comentários

One Response to “Uma nova livraria”

  1. isabel ribeiro on Setembro 22nd, 2010 0:05

    Passei por lá no sábado. Braço de Prata de cara lavada. Prateleiras recolocadas nos diferentes espaços. Brancas. Limpas. Gostei. Algo se anunciava. Descobri!!! Lá passarei mais uns serões entre livros e fatias de pão saloio com pasta de atum. Duplo prazer: espírito e estômago pela noite dentro. Não digo que preciso de um lugar à sombra? :)
    Ler Devagar com jantares literários!! Já os faço`há uns anitos… 3 de Novembro ressurgem num novo espaço…em Aveiro, claro. José lui´s Peixoto, o senhor que se segue.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges