422

São 422, os romances originais concorrentes ao Prémio LeYa. Quatrocentos e vinte e dois cães a um osso. E um osso que no fim de contas pode não passar de uma ilusão.



Comentários

One Response to “422”

  1. freitas horto on Julho 22nd, 2008 20:25

    segundo um comentarista dessa noticia no blog do reis sá (rua de castela) ele n pode atirar pedras…:P

    de facto quem semeia ventos…

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges