A meio da Rua de S. Mamede

jacaranda1
jacaranda2
jacaranda3

O esplendor dos jacarandás.



Comentários

3 Responses to “A meio da Rua de S. Mamede”

  1. cduxa on Maio 29th, 2010 20:00

    Explosão de lilás.

  2. henedina on Maio 30th, 2010 23:18

    Lindo. Eu não sei muitos nomes de árvores. Estas, jacarandás conheço da literatura e afinal são estas.
    Que ignorancia.

  3. csd on Maio 31st, 2010 14:11

    belos.

    csd

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges