A Síndrome de Estocolmo aplicada aos romances longos

O fascínio da ficção mastodôntica, analisado por Mark O’Connell no site The Millions.



Comentários

Comments are closed.

Leia os últimos textos publicados
«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges