Amanhã na secção de Livros da revista ‘E’

O que não pode ser salvo, de Pedro Vieira (Quetzal), por José Mário Silva
Sombras sobre o Cairo, de Parker Bilal (Porto Editora), por José Guardado Moreira
Carta a um Refém, de Antoine de Saint-Exupéry (Relógio d’Água), por José Mário Silva
Misteriosamente Feliz, de Joan Margarit (Língua Morta), por Pedro Mexia
A Conquista da Felicidade, de Bertrand Russell (Relógio d’Água), por Luís M. Faria
O Poeta de Pondichéry, de Adília Lopes (Assírio & Alvim), por José Mário Silva
O Enigma da Chegada, de V. S. Naipaul (Quetzal), por Alexandra Carita
Pogo – Um Ajuste de Contas com o Futuro, de vários autores (Edição de autor), por Cláudia Galhós



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges