Amanhã na secção de Livros da revista ‘E’

O Fotógrafo e a Rapariga, de Mário Cláudio (D. Quixote), por José Mário Silva
José Augusto França: com o O’Neill falava de janela para janela, de José Jorge Letria (LeYa), por Alexandra Carita
Da Natureza das Coisas, de Lucrécio (Relógio d’Água), por Luís M. Faria
Era uma vez em Goa, de Paulo Varela Gomes (Assírio & Alvim), por Ana Cristina Leonardo
Fogo Pálido, de Vladimir Nabokov (Relógio d’Água), por Pedro Mexia



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges