Amanhã na secção de Livros da revista ‘E’

Manhã, de Adília Lopes (Assírio & Alvim), por José Mário Silva
A Bastarda de Istambul, de Elif Shafak (Jacarandá), por José Guardado Moreira
Clorântida, de Rosalina Marshall (Douda Correria), por José Mário Silva
Sobre o Fascismo, a Ditadura Militar e Salazar, de Fernando Pessoa (Tinta da China), por Luís M. Faria
Perda de Inventário, de Marta Chaves (Alambique), por José Mário Silva
História Universal da Infâmia, de Jorge Luis Borges (Quetzal), por Pedro Mexia



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges