Amanhã, na secção de Livros do ‘Actual’

Jesus o Bom e Cristo o Patife, de Philip Pullman (Teorema), por José Mário Silva
O Destino das Imagens, de Jacques Rancière (Orfeu Negro), por António Guerreiro
O Chalet da Memória, de Tony Judt (Edições 70), por Luís M. Faria
Brasiliana Tangencial – Contensaios do Atlântico, de Henrique Garcia Pereira (IST Press), por Ana Cristina Leonardo
Lugano, de Tatiana Faia (Artefacto), por Pedro Mexia



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges