Amanhã, na secção de Livros do ‘Actual’

Mudanças, de Mo Yan (Divina Comédia), por José Mário Silva
Somos Todos um Bocado Ciganos, de Manuel Jorge Marmelo (Quetzal), por Hugo Pinto Santos
O Sino da Islândia, de Haldór Laxness (Cavalo de Ferro), por José Guardado Moreira
A Poesia do Pensamento, de George Steiner (Relógio d’Água), por António Guerreiro
Memórias – Um Combate pela Liberdade (vol. III), de Edmundo Pedro (Âncora), por José Pedro Castanheira
Aniki-Bóbó, de Manuel António Pina (Assírio & Alvim), por Pedro Mexia
Jornalistas-Escritores – A Necessidade da Palavra, de Fátima Lopes Cardoso (MinervaCoimbra), por Alexandra Carita
– Escolhas de Jorge Reis-Sá



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges