Amanhã, na secção de Livros do ‘Actual’

Raga, de J.M.G. Le Clézio (Sextante), por José Mário Silva
Deserto, de J.M.G. Le Clézio (Dom Quixote), por José Guardado Moreira
Estrela Errante, de J.M.G. Le Clézio (Dom Quixote), por Luísa Mellid-Franco
O Processo de Adão Pollo, de J.M.G. Le Clézio (Europa-América), por Ana Cristina Leonardo
Corpo e Imagem, de José A. Bragança de Miranda (Vega), por António Guerreiro
Intelectuais, de Paul Johnson (Guerra & Paz), por Rogério Casanova
César – A Vida de um Colosso, de Adrian Goldsworthy (A Esfera dos Livros), por Luís M. Faria



Comentários

2 Responses to “Amanhã, na secção de Livros do ‘Actual’”

  1. Coord, BeCre on Janeiro 31st, 2009 22:43

    Foi-vos dado o prémio “Pedagogia do Afecto”. Visitem-nos e saberão mais.

    http://bibliotecaportaberta.blogspot.com/

  2. Diogo on Fevereiro 1st, 2009 18:40

    Bush lamenta-se no Daily Show: “Porquê eu? Que fardo! Porque é que o colapso financeiro teve de acontecer comigo?”

    George Bush: Pensei muito no Katrina. Será que eu poderia ter agido de forma diferente?

    Jon Stewart: Que tal ter mostrado alguma preocupação? Ter voltado de férias e não ter dito ao director do FEMA que estava a sair-se bem? Ou até não ter esse tipo como responsável do FEMA? Ter havido coordenação nas operações de salvamento em vez de fingir que ninguém sabia que os diques podiam ceder? Essas coisas.

    George Bush: Será que eu poderia ter agido de forma diferente? Como aterrar o Air Force One (avião presidencial) em Nova Orleães? O problema aí é que as autoridades seriam afastadas da missão e suspeito que as vossas perguntas seriam: “Como foi capaz de levar o Air Force One para Nova Orleães, afastando os polícias necessários para controlar Nova Orleães da sua missão, para o proteger?

    Jon Stewart: Não faz ideia do porquê da revolta das pessoas à volta do Katrina, pois não? Achou que foi por causa do avião? É como o tipo cuja mulher chega a casa e o apanha a papar a irmã dela, e acha que ela está zangada porque ele não lhe disse que ia chegar mais cedo.

    George Bush: Porquê eu? Que fardo! Porque é que o colapso financeiro teve de acontecer comigo? Termos pena de nós próprios é uma coisa patética.

    VÍDEO legendado em português.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges