Amanhã, na secção de Livros do ‘Actual’

A Arquitectura da Felicidade, de Alain de Botton (Dom Quixote), por José Mário Silva
Marketá Lazarová, de Vladislav Vancura (QuidNovi), por José Guardado Moreira
Estratégia Merkel, de Gertrud Höhler (A Esfera dos Livros), por Cristina Peres
O Jogo Sério, de Hjalmar Söderberg (Relógio d’Água), por Ana Cristina Leonardo
O Relatório de Brodie, de Jorge Luis Borges (Quetzal), por Pedro Mexia
O Cavaleiro da Águia, de Fernando Campos (Divina Comédia), por Hugo Pinto Santos
– Escolhas de Pedro Sena-Lino



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges