Amanhã, na secção de Livros do ‘Actual’

A Loucura de Deus, de Peter Sloterdijk (Relógio d’Água), por António Guerreiro
12 Erros que Mudaram Portugal, de João Vasco Almeida e Rui F. Baptista (Guerra & Paz), por Rui Gustavo
Fórmula para o Caos, de Luiz Alberto Moniz Bandeira (Tribuna da História), por Luísa Meireles
A Infância é um Território Desconhecido, de Helena Vasconcelos (Quetzal), por Ana Cristina Leonardo
A Arte da Alegria, de Goliarda Sapienza (Dom Quixote), por Vítor Quelhas
O Verão Selvagem dos Teus Olhos (Relógio d’Água), por Manuel de Freitas
A Casa do Esquecimento, de Fernando Dinis (Teorema), por José Mário Silva



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges