Amanhã, na secção de Livros do suplemento ‘Actual’

Paris, de Julien Green (Tinta da China), por José Mário Silva
Dicionário Imperfeito, de Agustina Bessa-Luís (Guimarães), por Carlos Bessa
A Ciência Terá Limites?, coord. de George Steiner (Fund. Gulbenkian e Gradiva), por Virgílio Azevedo
As Três Vidas, de João Tordo (QuidNovi), por Ana Cristina Leonardo
O Peso dos Números, de Simon Ings (ASA), por Rogério Casanova
A Casa do Silêncio, de Orhan Pamuk (Presença), por José Guardado Moreira
A Hora Má: O Veneno da Madrugada, de Gabriel García Márquez (Dom Quixote), por Vítor Quelhas



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges