Anunciados os finalistas do Prémio Literário Casino da Póvoa

Acaba de ser conhecida a shortlist do Prémio Literário Casino da Póvoa, no valor de 20 mil euros, a atribuir durante a 14ª edição do encontro Correntes d’Escritas, que se realizará entre 21 e 23 de Fevereiro na Póvoa de Varzim.
Eis a lista dos oito finalistas:

A Terceira Miséria, Hélia Correia (Relógio D’Água)
As Raízes Diferentes, Fernando Guimarães (Relógio d’Água)
Caminharei Pelo Vale da Sombra, José Agostinho Baptista (Assírio & Alvim)
Como se desenha uma casa, Manuel António Pina (Assírio & Alvim)
De Amore, Armando Silva Carvalho (Assírio & Alvim)
Em Alguma Parte Alguma, Ferreira Gullar (Ulisseia)
Lendas da Índia, Luís Filipe Castro Mendes (Dom Quixote)
Negócios em Ítaca, Bernardo Pinto de Almeida (Relógio D’Água)

O júri, de que faço parte, com Almeida Faria, Carlos Vaz Marques, Helena Vasconcelos e Patrícia Reis, reunirá no dia 20 de Fevereiro para decidir qual o livro vencedor.



Comentários

2 Responses to “Anunciados os finalistas do Prémio Literário Casino da Póvoa”

  1. Estudante de Leões Marinhos on Janeiro 9th, 2013 18:39

    Bendito Almeida entre a mediania. Que se não deixe levar por rumores e atónitas críticas e, como sempre, faça a sua sensatez prevalecer.

  2. JL on Janeiro 15th, 2013 15:54

    Não podendo ser atribuído a Manuel António Pina, por razões práticas, sendo que o livro do Armando Silva é muito bom (este autor merecia ter ganho o prémio há umas edições com o livro Sol a Sol), e a da Hélia não tão bom (mas Hélia é Hélia), aposto nesses dois, posto que não estou a ver o júri a atribui-lo ao brasileiro enorme (embora não dos meus predilectos) Ferreira Gullar. Há sempre a hipótese Fernando guimarães, bom, mas sempre monótono e repetitivo desde O Anel Débil

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges