Aviso

Com grande esforço e dedicação à causa, tenho conseguido assistir a quase todas as mesas-redondas, das quais vou tirando notas em folhas A4, agora muito dobradas no bolso do meu casaco (desde sempre um poço sem fundo de papelada e caligrafia caótica). Não esperem é que transcreva tudo num repente, do pé para a mão. O acesso à internet é limitado e dirigido para as obrigações urgentes (enviar textos para o DN), pelo que o resto virá aos poucos, durante os próximos dias.



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges