Centenário

Faz hoje precisamente cem anos que nasceu, em Wallasey (Reino Unido), Malcolm Lowry, o autor de um dos mais extraordinários e desesperados romances do século XX: Debaixo do Vulcão.
Um dia, escreveu o seguinte epitáfio, resumo perfeito de uma vida de brilhos, raivas, desconcertos, ironias, tragédias e muito álcool:

Malcolm Lowry
Late of the Bowery
His prose was flowery
And often glowery
He lived, nightly, and drank daily,
And died playing the ukulele.



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges