Cinco vidas à volta de uma mesa (aliás, de duas)

Em 2010, a Leitura Furiosa levou-me a uma escola do ensino básico, onde encontrei estes meninos e as histórias que juntei no respectivo texto. Este ano, coube-me o Centro de Apoio Social dos Anjos (a que muita gente ainda chama «sopa dos pobres»), onde ouvi cinco narrativas de percursos e «percalços», contadas por homens a quem a vida de alguma maneira pregou rasteiras, quando não foram eles a pregarem-nas a si mesmos.


Adelino, 50 anos (exactos, feitos hoje)


Hélder, 39 anos


Daniel, 42 anos


João Miguel, 47 anos


José Manuel, 62 anos



Comentários

3 Responses to “Cinco vidas à volta de uma mesa (aliás, de duas)”

  1. Francisco Jorge on Maio 7th, 2011 17:31

    Não consegui ler qualquer texto, além do parágrafo inicial de apresentação do encontro com os cinco fotografados.

    Amigo José Mário Silva, desculpa se sou um burrinho informático e não sei lidar com o teu blogue tão interessante.

  2. Francisco Jorge on Maio 7th, 2011 17:40

    Afinal, acabei por ler a história do balão vermelho, na casa da Achada, há 1 ano e depreendi que o “comentário às fotografias” leva mais tempo a “transcrever”, será assim? Todos os dias leio as notícias do blogue, cá nos encontraremos.

    Calculo que as histórias dos fotografados não cabem num textinho de 2 folhas A4…

  3. Dois círculos | Bibliotecário de Babel on Maio 8th, 2011 12:56

    […] da palavra livroLuís Rodrigues em Uma bela definição da palavra livroFrancisco Jorge em Cinco vidas à volta de uma mesa (aliás, de duas)Francisco Jorge em Cinco vidas à volta de uma mesa (aliás, de duas)Ricardo Assis em Amanhã, na […]

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges