Costa Book of the Year para Christopher Reid

O poeta Christopher Reid, com o livro A Scattering, venceu a edição relativa a 2009 de um dos principais prémios literários britânicos, anteriormente conhecido como Whitbread, no valor de 30 mil libras (34,5 mil euros). Tributo à sua mulher, Lucinda Gane, falecida em 2005, A Scattering é o sexto volume de poemas a merecer esta distinção (o último fora a tradução de Beowulf, publicada por Seamus Heaney em 1999) e até agora vendera menos de mil exemplares. A presidente do júri, Josephine Hart, justificou assim a escolha:

«Out of a personal tragedy, Christopher Reid has written a masterwork which has universal power. Austere, beautiful and moving – we all felt this was a book we would want everyone to read. Packed full of unforgettable lines – A Scattering is a remarkable piece.»

Reid foi editor de poesia da Faber & Faber entre 1991 e 1999.
A crítica ao livro no The Guardian, assinada pelo crítico Adam Newey, pode ser lida aqui.



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges