Diogo Madre Deus sobre David Machado

Quando lhe pedi cinco escolhas literárias, para uma secção do suplemento Actual (do Expresso), o editor da Cavalo de Ferro destacou e elogiou o segundo romance de David Machado: Deixem Falar as Pedras (Dom Quixote).

PS – Já agora, a pedido de um leitor, deixo aqui as restantes quatro escolhas:

Ulisses e a Odisseia – A Mente Colorida, de Pietro Citati (Cotovia)
Accabadora, de Michela Murgia (Einaudi)
Niassa, de Francisco Camacho (ASA)
Racconti per Una Sera al Teatro, de Luigi Pirandello (Sellerio)



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges