Efeitos da crise

A Doubleday Publishing Group, uma divisão da Random House que inclui várias editoras (entre as quais a Nan A. Talese, que publica José Luís Peixoto), vai despedir 10% dos seus funcionários. Segundo um porta-voz da Random House, não estão previstos mais cortes de pessoal nas restantes divisões do gigante editorial americano (que pertence ao ainda mais gigantesco universo empresarial da Bertelsmann).
Por muito que os seus responsáveis o desmintam, parte das dificuldades da Doubleday prendem-se com os sucessivos adiamentos do novo romance de Dan Brown, que inicialmente esteve previsto para 2005 mas só deve ver a luz do dia em Maio de 2009 (segundo rumores ouvidos com insistência em Frankfurt).



Comentários

One Response to “Efeitos da crise”

  1. Francisco on Outubro 30th, 2008 15:41

    10 para 1 em como vai para a Wylie Agency…

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges