Falar com Ela

Ao início da tarde estive à conversa com a Inês Meneses, num estúdio da Rádio Radar. A entrevista é emitida amanhã, a partir das 12h00 (com repetição domingo, às 19h00; e quinta-feira, às 23h00). Falámos de muita coisa. Da vida e de afectos. De poesia e livros, também. Pelo meio, quatro momentos musicais: Oxford Comma, dos Vampire Weekend; Our Mutual Friend, dos The Divine Comedy; Que Amor não me Engana, do Zeca; e Der Wegweiser, de Franz Schubert.



Comentários

4 Responses to “Falar com Ela”

  1. Linda Nadovich on Setembro 25th, 2010 8:38

    “Falámos de muita coisa. Da vida e de afectos.”

    Ai que bem, que… Zzzzzzzzzzzzzzzzzzz… De repente, parece que estava a ouvir o Chico Viegas a falar e quando o ouço a falar dá-me cá um son… Zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

  2. Odete (mãe da Alice G.) on Setembro 26th, 2010 0:30

    Ouvi em viagem (sou fã da Radar). Parabéns pela entrevista! Gostei mesmo muito de ouvir; também venho de Almada e fez remeter-me, agradavelmente, a algumas das minhas memórias de lá; contei à Alice e vou ver se consigo que ela a ouça pois ficou muito curiosa com a minha descrição :-)

  3. Catarina Letras on Setembro 26th, 2010 19:35

    Boa noite.

    Confesso que hoje foi a primeira vez que ouvi falar de si (estive a ouvir o Fala com Ela, como grande fã que sou da Radar), mas gostei muito da entrevista. Também eu conheci o meu namorado pela internet e como tal, identifiquei-me consigo, porque sei o quão estranha, mas ao mesmo tempo maravilhosa, pode ser uma experiência do género.

    Pode considerar-me como uma nova seguidora do seu blogue!

  4. Inês Nascimento on Setembro 27th, 2010 8:38

    Gostei imenso da entrevista. E fiquei curiosa para seguir o seu percurso (que apenas conheço de forma muito superficial).

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges