Fusão da DGLB com a Biblioteca Nacional reequacionada

Pelos vistos, os protestos nem sempre caem em saco roto.



Comentários

One Response to “Fusão da DGLB com a Biblioteca Nacional reequacionada”

  1. Rui Almeida on Janeiro 29th, 2011 15:01

    Zé Mário,
    A esse propósito, José Afonso Furtado colocou o seguinte comentário num post de Ana Maria Pereirinha, no FB: «Não se deixem enganar. Isto foi o que esteve sempre previsto. Foi exactamente o k fez o Santana Lopes. Com uma possível agravante: nessa altura era uma subdirecção-geral. Agora diz-se k vai ser uma direcção de serviços. O que interessa é saber onde está o dinheiro, quem o gere e se vai ter competências próprias ou delegadas. Isto é só para dizer que não há nada de novo.É o mesmo modelo, um disparate sem sentido e q já provou entre 93 e 96 que é um falhanço criminoso!»

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges