Homenagem a Luiz Pacheco na Perve Galeria


Fotografia: Cabral Nunes

Um ano após a morte de Luiz Pacheco (5/1/2008), a Perve Galeria evoca o autor de O Teodolito. Até dia 10, serão mostrados um espólio «composto por vários textos inéditos» e um Diário Falado, gravado pelo próprio entre 1994 e 1998.
Simultaneamente, serão homenageados dois pintores (Fernando José Francisco e Artur Bual) que tinham em comum com Pacheco o facto de serem amigos de Mário Cesariny.


Cadáver esquisito feito por Fernando José Francisco e Cruzeiro Seixas



Comentários

2 Responses to “Homenagem a Luiz Pacheco na Perve Galeria”

  1. a presença das formigas on Janeiro 7th, 2009 0:25
  2. Kassandra on Maio 17th, 2009 17:26

    Qual era a profissão dele?

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges