Inauguração da Byblos

A abertura da livraria mais falada dos últimos tempos foi muitíssimo concorrida. Editores, representantes do Governo, jornalistas, escritores, bloggers, esteve lá tout le monde (ou quase). Apesar dos 3300 metros quadrados, dos corredores amplos e dos muitos nichos de leitura, aconteceram engarrafamentos, cotoveladas involuntárias e até alguns atropelos.

Eis um pequeno resumo fotográfico da noite:

byblos1.jpg

A epígrafe da Byblos, lavrada na pedra, é uma frase célebre de Jorge Luis Borges sobre a equivalência entre o Paraíso e a ideia de livraria. É uma escolha quase óbvia, mas feliz.

byblos2.jpg

A enchente aproximou-se por vezes da atmosfera vivida na Expo’98. Lembram-se?

byblos3.jpg

Entre os convidados, pairavam anjos sorridentes e anjos melancólicos (talvez saídos da grande biblioteca que se vê no filme Asas do Desejo). 

byblos4.jpg

Seguranças vigiaram o acesso ao segundo andar enquanto a ministra da Cultura não “cortou a fita”, simbolizada por uma espécie de arco em cartão. 

byblos5.jpg 

Uma pilha António Lobo Antunes. Há também pilhas José Rodrigues dos Santos e pilhas Miguel Sousa Tavares (várias).

byblos6.jpg

José-Augusto França apresenta o livro de serigrafias que a Byblos ofereceu aos convidados, junto a Almeida Santos, Isabel Pires de Lima e Américo Areal, o responsável máximo pela livraria.

 byblos7.jpg

Amanhã é a sério. E os empregados da loja, que fizeram directa na noite anterior para que tudo estivesse (mais ou menos) no sítio, vão começar a trabalhar às nove para poderem abrir as portas às dez.  



Comentários

8 Responses to “Inauguração da Byblos”

  1. Bill on Dezembro 14th, 2007 2:46

    Que bela livraria…

    Adorei o post e as fotos seguidas com os detalhes…

    Melhor… Só estando ai.

    [s]s

  2. Paulo Ferreira Booktailors on Dezembro 14th, 2007 3:35

    José Mário Silva,
    roubámos uma foto para o nosso blog. Espero que não se importe.
    Um abraço,
    paulo ferreira
    http://www.blogtailors.blogspot.com

  3. João Soares on Dezembro 14th, 2007 23:56

    Como era o livro oferecido?

  4. Bibliotecário de Babel » Blog Archive » Quanto mais alta a parada, mais alta a exigência on Dezembro 15th, 2007 10:09

    […] recentes João Soares em Inauguração da ByblosJoão Soares em Prémio Pessoa 2007Bill em Primeiras impressõesJoão em Primeiras […]

  5. Uma Senhora De Idade Que Passou Por Aqui on Dezembro 15th, 2007 14:28

    A senhora loira (na sexta foto) que tão curiosamente olha a câmara tem alguma coisa a ver com uma tal que dizem que é ministra da cultura, que não encontrou tempo (ou talvez lugar no avião…) para prestigiar uma exposição única de homenagem a um Nobel português – o segundo Nobel português, e único dos últimos cinquenta anos? (pronto, está bem, a “Amoreiras Square” ou lá o que é está mais “in” que as Canárias…)

  6. Bibliotecário de Babel – Livraria Byblos fechou as portas on Novembro 20th, 2008 14:43

    […] da aventura megalómana de Américo Areal quem não quis. Há menos de um ano, quando a Byblos foi inaugurada com pompa e circunstância, eu já apontava como um potencial calcanhar de Aquiles a localização da loja, completamente fora […]

  7. Bibliotecário de Babel – Razões de um encerramento on Novembro 20th, 2008 14:54

    […] portas em Primeiras impressõesBibliotecário de Babel – Livraria Byblos fechou as portas em Inauguração da Byblosana em O regresso de Paulo CastilhoCésar Gomes em Acasos & coincidênciasJosé Mário Silva em […]

  8. Memória Virtual | Blogosfera em 2007 (XX) on Janeiro 13th, 2009 22:25

    […] mesmo dia, era inaugurada em Lisboa a maior livraria do país, a Byblos (com abertura ao público no dia […]

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges