‘ípsilon’, agora em versão iPad

O suplemento cultural do Público passa agora a existir autonomamente, em edição para iPad. As primeiras impressões são boas: leitura agradável, navegação eficaz, correcta articulação dos textos com o conteúdo multimedia (vídeos, fragmentos de músicas, excertos de livros). Único ponto negativo: o espaço que ocupa. Se cada número pesar 500 MB, como este primeiro, vai ser preciso apagar números antigos ao fim de poucas semanas.



Comentários

One Response to “‘ípsilon’, agora em versão iPad”

  1. l on Novembro 29th, 2011 11:21

    500 mg? o meu só pesava cento e picos

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges