Jornalistofobia

Toda a gente sabe que Rubem Fonseca não dá entrevistas nem contacta com a imprensa. Não o faz no Brasil, não o fez também na sua curta estadia em Portugal. Só a simples presença de um jornalista é suficiente para lançar o alarme. Sexta de manhã, tomava eu o pequeno-almoço com três camaradas de profissão quando o gigante brasileiro se aproximou da nossa mesa, sorrindo muito. Por trás dele, ouvimos a voz da filha dizendo: «Atenção, papai, são jornalistas!» Rubem pôs-se muito direito, muito hirto, exclamou «Vamos embora, vamos embora» e lá se dirigiu, em passo rápido, para a mesa mais distante que conseguiu encontrar.



Comentários

3 Responses to “Jornalistofobia”

  1. asd on Março 1st, 2012 12:10

    Engraçado: e os jornalistas continuam a dizer maravilhas do homem…

  2. Valter Ego on Março 1st, 2012 21:11

    O Mário sabe dizer o porquê de tal aversão?

  3. Venâncio on Março 1st, 2012 21:36

    Mas é claro, “asd”. Sobretudo os inteligentes.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges