Lançamentos

Hoje há pelo menos três:

18h00: Era uma vez a República, de José Fanha e Alex Gozblau (Gailivro), nos Paços do Concelho da Câmara Municipal de Lisboa. Apresentação por Maria Barroso e José Jorge Letria. Canções da época cantadas por Carlos Guilherme, com João Balula Cid ao piano.

18h30: Para Interromper o Amor, de Mónica Marques (Quetzal), na livraria Bertrand do Chiado. Apresentação por Pedro Mexia, a quem a narradora do livro lança, a páginas tantas, um piropo intelectual. No fim, serão servidas caipirinhas e sushi, presume-se que em homenagem ao blogue da romancista.

18h30: A Implantação da República na Imprensa Portuguesa, de Nair Alexandra (Círculo de Leitores/Temas e Debates). Apresentação de Luís Farinha.



Comentários

2 Responses to “Lançamentos”

  1. Marco Antunes on Setembro 28th, 2010 18:39

    Pois posso dizer-lhe que no lançamento do livro da Mónica Marques, viu-se a qualidade das pessoas que fazem o périplo destas coisas (lançamentos e afins). Sim porque são quase sempre os mesmos desocupados que vão a estas coisas.
    Copos em cima dos livros, desrespeito pelos clientes da livraria e pelos livreiros (não se desviam, nem deixam trabalhar); conversas fúteis…Enfim, se estas pessoas são (acham elas) o crème de la crème, estamos realmente muito mal…

  2. Marco Antunes on Setembro 28th, 2010 18:45

    Só para que não pense que estou a ser injusto com o meu comentário anterior, refiro-lhe só que estive cerca de 5 minutos à espera que uma “dondoca” se desviasse 20 cm para que o livreiro pudesse ver se o livro que eu queria estava numa estante. E esta “senhora” ainda olhou para nós com um ar de quem a estávamos a incomodar imenso….

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges