Lembrete

Tendo como pretexto a atribuição do Nobel da Literatura a Jean-Marie Gustave Le Clézio, a próxima sessão dos “Livros em Desassossego”, logo à noite (21h30, Casa Fernando Pessoa), discutirá se “ainda existem razões para defender a francofilia”. Do painel fazem parte o ensaísta Eugénio Lisboa, o jornalista Francisco Belard e eu. A moderação é de Carlos Vaz Marques. Participam ainda Maria do Rosário Pedreira (QuidNovi), que escolherá três livros publicados recentemente que gostaria de ter no seu catálogo, e o professor universitário Fernando Cabral Martins, que fará a primeira apresentação pública do Dicionário de Fernando Pessoa e do Modernismo, a publicar em Novembro pela Caminho.



Comentários

One Response to “Lembrete”

  1. Bibliotecário de Babel – Música na livraria on Outubro 30th, 2008 19:04

    […] Lembrete […]

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges