Lolita, light of my life, fire of my loins. My sin, my soul. Lo-lee-ta: the tip of the tongue taking a trip of three steps down the palate to tap, at three, on the teeth. Lo. Lee. Ta.

Alexandre Soares Silva é um cara legal (o itálico aqui, para o caso de estarem distraídos, significa pronúncia-do-outro-lado-do-Atlântico). Então não é que hoje, dia de folia total para os brasileiros, ele se lembrou de mostrar o caminho para quatro ficheiros de mp3 através dos quais podemos ouvir a primeira parte de Lolita, numa leitura em voz alta de Jeremy Irons?
Obrigado, Lord ASS.
E por falar em Nabokov, será que o filho já decidiu o que fazer do tal manuscrito que está fechado num cofre suíço?



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges