Lydia Davis nas FSG Reading Series

A editora Farrar, Straus and Giroux (FSG) organiza de vez em quando sessões de leitura com os seus autores, num restaurante russo de Nova Iorque que serve vodca caseira (chama-se Russian Samovar). A última sessão contou com a presença de Lydia Davis, uma das melhores ficcionistas americanas da actualidade (além de excelente tradutora). Eis um excerto da sua leitura de material inédito:



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges