Medidas preventivas

Eu era para começar a ler hoje o novo livro de António Lobo Antunes. Mas depois lembrei-me que: 1) daqui a nada começa o jogo Sporting-Lazio; 2) o título do romance é Comissão das Lágrimas.



Comentários

9 Responses to “Medidas preventivas”

  1. ana on Setembro 29th, 2011 21:42

    O Sporting ganhou…

  2. MCS on Setembro 29th, 2011 22:00

    Este país está tão em baixo que já nem os Sportinguistas têm esperança.

  3. George Sand on Setembro 29th, 2011 23:28

    A esperança é a última a morrer! Ainda não li a “comissão das lágrimas”. Mas o título, está como sempre, fantástico. Adivinha-se um desnudar de alma…

  4. André on Setembro 30th, 2011 0:31

    e eu a dar aulas a 500 metos, durante o jogo, e sempre com uma orelha atenta a ver se ouvir gritar golo!

  5. Ivone Costa on Setembro 30th, 2011 8:08

    Afinal, José Mário, não havia motivos para isso. Como digo às vezes, sermos do sporting tem algumas vantagens, nomeadamente preparar-nos para enfrentar as adversidades da vida. 😉

  6. Olinda on Setembro 30th, 2011 9:31

    :)

    Mais prevenir do que remediar…

  7. José Mário Silva on Setembro 30th, 2011 10:49

    MCS,
    Há muito tempo que não tinha tanta esperança como a que tenho esta época. Isto é mais uma brincadeira futebolistico-literária, inaugurada na noite em que levei o romance “Museu da Rendição Incondicional”, de Dubravka Ugresic, para o estádio no jogo com o Marítimo, com os resultados que se conhecem. :)

    André,
    E ouviste os golos? Olha que o pessoal gritou bem alto.

    Ivone,
    Nem mais. Entre outras coisas, estamos preparadíssimos para viver em estado de crise. Esperemos é que a retoma actual do Sporting contamine o resto do país e saibamos todos jogar em inferioridade numérica contra os “mercados” que nos andam a espoliar, debaixo do olhar da troika (até são três, como os árbitros).

    Olinda,
    Pois. Parece que fiz bem, não é? :)

  8. André on Setembro 30th, 2011 11:58

    Ouvi um apenas, curiosamente. A orientação desta sala não ajuda muito. Sempre deu para ajudar a acabar uma sessão contínua de 6 horas de aulas!

  9. MCS on Setembro 30th, 2011 13:38

    JMS,

    «Há muito tempo que não tinha tanta esperança como a que tenho esta época.»
    Também não é preciso exagerar, né?

    Eu percebi a piada, já que sou leitor regular deste blogue. Mas não podia desperdiçar a oportunidade para mandar a “bicada”, :-)

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges