‘o apocalipse dos trabalhadores’

Estou muito curioso em relação ao novo romance do valter hugo mãe, que chegará aos escaparates das livrarias em Julho, com chancela da QuidNovi.
Depois da sórdida Idade Média, o presente precário. Ou seja, este tempo duro que é o nosso, com desemprego e imigrantes mal integrados (se bem percebi a ideia do trailer).



Comentários

One Response to “‘o apocalipse dos trabalhadores’”

  1. Bibliotecário de Babel – Depois de Leonard Cohen e Lou Reed (salvo as devidas distâncias), eis um outro dilema para quem não tem o dom da ubiquidade on Julho 24th, 2008 16:55

    […] Pedro Mexia). Exactamente à mesma hora, na Fnac do Colombo, a jornalista Isabel Lucas apresenta o romance do valter. Eu, se pudesse escolher, ia ao Colombo. Mas vocês, na dúvida, atirem uma moeda ao […]

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges