O momento da verdade (em sueco)



Comentários

One Response to “O momento da verdade (em sueco)”

  1. Luís Graça on Outubro 8th, 2010 4:14

    Já posso dizer que estive com um Prémio Nobel. Na Casa Fernando Pessoa.

    Pensando bem, até já lá tinha estado com o Seamus Heaney.

    E com o Saramago em vários sítios. Assim de repente, já estive com

    três…afinal não é assim tão invulgar.

    O Gastão Cruz ficou com uma foto da Casa Fernando Pessoa a cumprimentar

    o Mário.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges