O que aí vem (Dom Quixote)

Em Junho: Tiago Veiga – Uma biografia, de Mário Cláudio; Domínio Público, de Paulo Castilho; Os Novos Espectros, de José Sasportes; No Meu Peito Não Cabem Pássaros, de Nuno Camarneiro; Lendas da Índia, de Filipe Castro Mendes; Catch-22, de Joseph Heller; A Toupeira, de John Le Carré; Os Cachorros. Os Chefes, de Mario Vargas Llosa; Relato de um Náufrago, de Gabriel García Márquez.



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges