O que aí vem ou talvez até já cá esteja (Assírio & Alvim)

Salomé, de Oscar Wilde; Os Folgazões, de Robert Louis Stevenson; A Felicidade no Crime, de Barbey D’Aurevilly; O Coronel Chabert, de Honoré de Balzac; Seta de Fogo – 22 poemas, de Santa Teresa de Ávila; A Forma Informe – leituras de poesia, de Rosa Maria Martelo; Tatuagem & Palimpsesto – da poesia em alguns poetas e poemas, de Manuel Gusmão.



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges