O que aí vem (Quetzal)

Para Setembro: As Aventuras de Augie March, de Saul Bellow (tradução de Salvato Teles de Menezes); Alma Conservadora, de Andrew Sullivan (trad. de Miguel de Castro Henriques); Os Papéis de Rachel, de Martin Amis (trad. de Jorge Pereirinha Pires); Para Interromper o Amor, de Mónica Marques; e Livro, de José Luís Peixoto.



Comentários

One Response to “O que aí vem (Quetzal)”

  1. Ricardo Lourenço on Julho 21st, 2010 17:09

    Finalmente notícias do novo romance de José Luis Peixoto.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges