Os sete mandamentos de Maria do Rosário Pedreira

Mandamentos é exagero. Serão antes princípios, coordenadas, guidelines. E foram resumidos ao responder à terceira pergunta de uma entrevista por e-mail, feita pelos BlogTailors:

3. Que características considera essenciais a um editor?
Ter lido muito e continuar a gostar muito de ler (digo isto, porque ao fim de muitas más leituras, corremos o risco de perder o gosto); ter uma cultura geral que lhe permita avaliar os originais que recebe ou conhecer as pessoas certas para o ajudarem nessa tarefa; ter faro para perceber os livros que interessam ao público e os que, mesmo sendo bons, nunca sairão de uma prateleira da livraria; ser cordato nas suas relações com os autores (para os quais às vezes é precisa uma enorme paciência); ter sempre presente a existência do público leitor e não confundir os seus gostos pessoais com os desse público; ter a noção de que um livro tem sempre de ser algo que enriqueça, e nunca algo que estupidifique e manipule; ter a noção do valor do dinheiro (sobretudo quando se trabalha para outrem) e não o gastar superfluamente.

A conversa completa pode ser lida aqui.



Comentários

One Response to “Os sete mandamentos de Maria do Rosário Pedreira”

  1. Concurso BiblioFilmes on Janeiro 6th, 2008 16:55

    Achamos que iria gostar de tomar conhecimento desta nossa postagem sobre Jorge Luís Borges ( o título do seu blogue deve ser, presumimos, inspirado no conto A Biblioteca de Babel).

    http://bibliofilmes.blogspot.com/2008/01/curtas-jorge-luis-borges-o-homem-que.html

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges