Palavra do ano 2011

No site da Infopédia, é possível votar na palavra do ano 2011. Sem grande surpresa, neste momento a austeridade vai à frente, com um confortável avanço sobre três outsiders: charter (não sei se por causa do Paulo Futre ou da vontade que tantas pessoas sentem de fugir do país; impulso aliás incentivado pelo Governo), esperança e troika (duas palavras que são antónimos).
A votação fecha no dia 31.



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges