Pedro Mexia vai ser, interinamente, director da Cinemateca

Crítico literário, poeta, cronista e blogger, Pedro Mexia ocupa há menos de um ano o cargo de subdirector da Cinemateca Portuguesa. Agora, com o afastamento forçado, por razões de saúde, do mítico João Bénard da Costa (o cinéfilo por antonomásia), Mexia assumirá interinamente o cargo máximo na instituição. Quer isto dizer que a Cinemateca, até nova nomeação do Ministro da Cultura, continuará a ser dirigida por um escritor.
Entretanto, Mexia colocou um ponto final em mais uma das suas etapas na blogosfera. Exit Estado Civil, fim do «psicodrama». Só não é uma catástrofe para os seus leitores porque sabemos que em breve, eu diria umas duas semanas, o Pedro já estará a encenar os seus fantasmas noutro estaminé.



Comentários

One Response to “Pedro Mexia vai ser, interinamente, director da Cinemateca”

  1. Jorge on Maio 21st, 2009 14:24

    A Cinemateca é coutada da Igreja. Porquê?

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges