Poesia na Praça LeYa

Esta noite (21h30), na Praça LeYa da Feira do Livro de Lisboa, haverá leitura de poemas pelos seguintes autores: Ana Marques Gastão, Fernando Pinto do Amaral, João Rui de Sousa, Nuno Júdice e aquele tipo que escreveu um livrinho de capa preta com letras cor-de-laranja.



Comentários

One Response to “Poesia na Praça LeYa”

  1. ‘Uma visita à Praça LeYa’ | Bibliotecário de Babel on Maio 5th, 2010 20:12

    […] sequência relativa à sessão de poesia de sexta-feira à noite (entre 4:44 e 4:55), eu sou o do lado esquerdo (ou seja, o que não ficou no enquadramento). […]

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges