Prémio Camões 2011 para Manuel António Pina

Reunido na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, o júri do Prémio Camões, o mais importante da língua portuguesa, decidiu por unanimidade e em menos de meia hora. Vale a pena registar os nomes dos responsáveis por tão excelente escolha: Edla Van Steen e Antonio Carlos Secchin (Brasil), Rosa Maria Martelo e Abel Barros Baptista (Portugal), Ana Paula Ribeiro Tavares (Angola) e Inocência Mata (São Tomé e Príncipe). Depois de em 2010 ter distinguido Ferreira Gullar, talvez o maior poeta brasileiro vivo, o Camões para Manuel António Pina parece-me absolutamente justo, ao reconhecer a importância e o valor que quem escreveu alguns dos melhores livros de poesia, crónica e literatura infantil das últimas décadas, em Portugal.



Comentários

6 Responses to “Prémio Camões 2011 para Manuel António Pina”

  1. Olinda Melo on Maio 12th, 2011 17:11

    Dos responsáveis, Ana Paula Tavares e Inocência Mata, boas referências para mim. Também Abel Barros Baptista, especialista em literatura brasileira. Parabéns a M.António Pina.

  2. Pedro Saborino on Maio 13th, 2011 0:04

    É o mesmo Pina das croniquetas do JN?

  3. Cláudia S. Tomazi - Brasil SC on Maio 13th, 2011 2:13

    Grande momento ! Mérito do curso.

  4. José Mário Silva on Maio 13th, 2011 14:05

    Pedro,

    É o Pina das crónicas no JN, sim.

  5. Luís Graça on Maio 16th, 2011 11:02

    Foi com grande alegria que recebi a notícia. Já era tempo de reconhecer a ternura e o humanismo com um prémio destes.

  6. Olinda Gil on Maio 17th, 2011 10:11

    E gosta de gatos 😀

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges