Prémio Jorge de Sena para Vítor Aguiar e Silva

O livro Jorge de Sena e Camões. Trinta Anos de Amor e Melancolia, de Vítor Aguiar e Silva (Angelus Novus), acaba de ganhar por unanimidade o Prémio Jorge de Sena, atribuído pelo Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias (CLEPUL) da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, com apoio de um mecenas anónimo. Esta obra já fora distinguida, em 2010, com o Prémio Nacional de Ensaio Literário Eduardo Prado Coelho, atribuído pela Câmara Municipal de Famalicão.



Comentários

Comments are closed.

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges