Prémio Máxima de Literatura 2011 para Inês Pedrosa

Depois de já ter ganho o prémio em 1998 (com o romance Nas Tuas Mãos), Inês Pedrosa volta a vencer com Os Íntimos (Dom Quixote). O júri, composto por Maria Helena Mira Mateus, Leonor Xavier, António Carvalho, valter hugo mãe e Laura Luzes Torres, atribuiu ainda um Prémio Especial do Júri ao romance Adoecer, de Hélia Correia (Relógio d’Água) e o Prémio Ensaio ao livro A Monarquia Constitucional, 1807-1910, da historiadora Maria de Fátima Bonifácio.



Comentários

One Response to “Prémio Máxima de Literatura 2011 para Inês Pedrosa”

  1. Olinda on Setembro 24th, 2011 13:12

    De Inês Pedrosa, li Nas tuas Mãos e Fazes-me Falta. Gostei muito.

    Interessa-me A Monarquia Constitucional, 1807-1910, de Maria de Fátima Bonifácio. Vamos lá ver o que nos traz de novo quanto à interpretação deste período…

«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta» Jorge Luis Borges